Home YouTube TikTok Jogos love@antenalove.com.br
VOCÊ ESTÁ NA RÁDIO


Carlos Moedas recusa "tomar posição" sobre diretas



Falando aos jornalistas na fundação Calouste Gulbenkian, depois de ter assistido à apresentação do novo livro da jornalista Maria João Avillez, intitulado As sete estações da democracia, Carlos Moedas foi questionado pelos jornalistas sobre o seu almoço de hoje com o candidato à liderança do PSD Paulo Rangel, noticiado pelo jornal online Observador.

Segundo o autarca de Lisboa, o almoço serviu para dar um grande abraço para dar força ao seu amigo Paulo Rangel na reta final da campanha interna para a liderança para o PSD.

No entanto, Carlos Moedas rejeitou que o encontro com o eurodeputado pudesse ser interpretado como um apoio, afirmando que essa interpretação é feita pelos jornalistas, analistas e comentadores.

Como presidente da Câmara [de Lisboa] não estou a tomar nenhuma posição. Agora, se me perguntarem qual é o meu objetivo e qual é a minha ideia como militante do PSD, é ter realmente um PSD que seja uma verdadeira oposição ao PS, e isso é importante como militante do PSD, defendeu.

As eleições diretas para escolher o próximo presidente do PSD realizam-se no sábado e, além de Paulo Rangel, é candidato o atual presidente do PSD, Rui Rio.

Leia Também: Rangel admite sintonia com Moedas sobre tempos novos

Comente:




Legendas

Mais