Aperte o PLAY e ouça a Rádio Antena Love

Justia probe governo de Roraima de pagar salrios de at R$ 127 mil a mdicos aps denncia do MP


Ministrio Pblico denunciou pagamento acima do teto constitucional de R$ 39,2 mil a 12 mdicos. Sesau diz que ainda no foi notificada. Ordem do juiz Luiz Alberto de Morais Junior, da 2 Vara da Fazenda Pblica. Entrada do Hospital Geral de Roraima, em Boa Vista Vanessa Fernandes/G1 RR/Arquivo A Justia de Roraima proibiu nessa quarta-feira (13) o governo do estado de continuar pagando salrios acima do teto constitucional de R$ 39,2 mil a mdicos da Secretaria de Sade (Sesau). A deciso ocorreu aps denncia do Ministrio Pblico. A ordem foi assinada pelo juiz Luiz Alberto de Morais Junior, da 2 Vara da Fazenda Pblica, que determinou pena da efetivao de multa coercitiva de R$ 5 mil. Procurado, o governo, por meio da Sesau, disse que ainda no foi notificado sobre a deciso, mas que o pagamento de despesas, incluindo folha de pagamento do funcionalismo, segue um amplo processo de discusso e avaliao pelos rgos de controle (veja a ntegra no fim da reportagem). A reportagem tambm procurou o Sindicato dos Mdicos do Estado de Roraima (Simed), mas at o momento da publicao, no obteve resposta. Na denncia do MP, obtida pelo g1, o promotor Luiz Antnio Arajo de Souza, afirma que 12 mdicos recebem altos salrios na Secretaria. A exemplo, apenas um deles, um neurocirurgio, chegou a ganhar R$ 127 mil reais em agosto. No ms de setembro, o mesmo profissional recebeu mais de R$ 91 mil reais. O teto remuneratrio aplicado aos agentes pblicos independentemente do tipo de vnculo estatutrio, celetista, temporrio, comissionado, poltico etc, abrangendo todas as espcies remuneratrias e todas as parcelas integrantes do valor total percebido, includas as vantagens pessoais ou quaisquer outras, diz trecho da denncia do MP. Altos salrios so pagos a mdicos em Roraima Reproduo Na deciso, o juiz concordou que os valores ultrapassam o limite constitucional, e no se encaixam em excees, como quando h acmulo legal de cargos pblicos, ou pagamento de verba indenizatria, quando os salrios so somados a vantagens pessoais, sem o abatimento do teto constitucional. Determino parte r que se abstenha de realizar pagamentos de salrios e remuneraes, no mbito da Secretaria de Estado da Sade, em valores superiores ao teto constitucional, aplicando, conforme o caso, o chamado abate teto sobre as parcelas remuneratrias excedentes a tal limite, diz o juiz em trecho. O que diz o governo de Roraima A Secretaria de Sade informa que ainda no foi notificada sobre a deciso da justia. Mas ressalta que as medidas adotadas para o pagamento de despesas, incluindo folha de pagamento do funcionalismo, seguem um amplo processo de discusso e avaliao pelos rgos de controle, uma vez que a Pasta tem adotado como premissa a transparncia na administrao dos recursos pblicos. O pagamento dos servidores feito em conformidade com a Lei n 1.439, que institui o Modelo de Gesto Integrada, meritocracia e produtividade de servios de sade, e com a Portaria regulamentadora N 1.044, que institui a PSS2 (Produtividade de Servio da Sade), na forma de APH (Adicional por Planto Hospitalar), possibilitando que os profissionais trabalhem alm da carga horria semanal, realizando plantes e sobreavisos de 6h e 12h em qualquer das Unidades de Sade vinculadas Secretaria, em dias teis e no teis.

Leia Mais

Carro para em cima de canteiro de lanchonete aps batida com outro veculo em Boa Vista


Ningum ficou ferido. Batida foi no So Francisco, na madrugada dessa quarta-feira (13). Com o impacto, um dos carros foi parar no canteiro lateral da lanchonete Arquivo pessoal Um carro subiu a mureta de uma lanchonete aps uma batida com outro veculo na avenida Ene Garcs, bairro So Francisco, zona Norte de Boa Vista, na madrugada dessa quarta-feira (13). Ningum ficou ferido. De acordo com a Polcia Militar, um dos envolvidos contou que trafegava pela avenida Major Willams, sentido Centro, do lado esquerdo da pista e, ao tentar fazer a converso para entrar na Ene Garcs, no avistou o outro veculo que vinha na pista direita da via e os dois bateram. Com o impacto, um dos carros atingiu o canteiro lateral da lanchonete. Segundo a PM, os dois carros estavam com a documentao em dia e foram entregues aos condutores. Ainda no local do acidente, a PM orientou as partes envolvidas, que entraram em acordo sobre os danos materiais. O caso foi registrado na delegacia da Polcia Civil. Condutores dos veculos entraram em acordo, segundo a PM Arquivo pessoal

Leia Mais

Hemoraima pede doaes aps estoque entrar em nvel crtico para todos os tipos sanguneos


O Hemocentro de Roraima fica na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes e funciona das 7h30 s 12h e das 13h30 s 18h, de segunda a sexta-feira. Doar sangue um gesto solidrio Getty Images O Hemocentro de Roraima (Hemoraima) declarou nessa quinta-feira (14) estado de nvel crtico nos estoques de sangue do estado e convocou doadores de todos os tipos sanguneos para realizar a doao. De acordo com Juliane Uchoa, gerente de capacitao do Hemoraima, com o atual estoque de sangue foi possvel abastecer as unidades para esse final de semana e feriado, mas no houve reposio. Nosso estoque est em nvel crtico [...] Ns precisamos contar com a ajuda da populao para poder realizar esse procedimento em prol da doao de sangue para que a gente consiga atender a todas as demandas hospitalares, convoca a gerente de capacitao. Para realizar a doao de sangue, basta ter idade superior 16 anos, ter o peso maior que 50 kg, ter descansado e no ter ingerido bebida alcolica nas ltimas 12 horas. Menores de 18 anos s podem realizar o procedimento acompanhado do responsvel legal. O Hemocentro de Roraima fica na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes e funciona das 7h30 s 12h e das 13h30 s 18h, de segunda a sexta-feira. Doao de sangue Reproduo/TV Globo

Leia Mais

O sonho de ver minha rua asfaltada se tornou realidade, comemora morador do bairro Araceli


Cerca de 90% das obras da Prefeitura de Boa Vista esto sendo executadas em bairros afastados do Centro As obras na rua de Kalil Medeiros proporcionaram mais qualidade de vida aos moradores do Araceli. PMBV. A Prefeitura de Boa Vista tem executado uma srie de obras no municpio que visam a melhoria na qualidade de vida da populao, principalmente nos bairros mais afastados do centro. O bairro Professora Araceli Souto Maior um dos que esto de cara nova, graas as obras da prefeitura. Os moradores tm muitos motivos para comemorar, pois os investimentos vo garantir grandes avanos no bairro. O morador da rua Rio Santo Antnio do Abonari, Kalil Medeiros celebra a concluso do asfalto na sua rua. Por aqui j passaram obras de drenagem e agora ganhamos um asfalto. Essas obras mudaram nossa realidade, pois no precisamos mais andar na lama. At as crianas esto brincando na rua. mais qualidade de vida para ns. Era um sonho ver essa rua asfaltada, agora esse sonho se tornou realidade, garantiu. O bairro Araceli um dos contemplados com pacote de obras que inclui drenagem, terraplanagem e pavimentao. PMBV. A rua Rio Santo Antnio do Abonari est totalmente pavimentada, assim como a rua Tacutu. A Jauaperi est sendo preparada para tambm receber pavimentao nos prximos dias. E a Rio Ma est em processo de terraplanagem. As vias ainda recebero caladas. Outras ruas do bairro tambm j foram contempladas com obras de infraestrutura. A Rua da Lagoa, que corta os bairros Araceli e So Bento outra importante via que est sendo pavimentada na regio. Os servios seguem em toda sua extenso. Rua da Lagoa, que corta os bairros Araceli e So Bento outra importante via que est sendo pavimentada na regio. PMBV. O prefeito Arthur Henrique destacou as inmeras obras que a prefeitura est executando por toda a cidade. Um trabalho contnuo, que e envolve compromisso e responsabilidade com a populao. Nosso objetivo transformar Boa Vista numa cidade cada vez melhor. Estamos trabalhando para que esses investimentos reflitam diretamente na melhoria da qualidade de vida da nossa populao. Essas obras garantem a valorizao dos imveis e melhora a mobilidade, disse. Mais obras Outros bairros tambm esto recebendo obras da prefeitura, dentre eles: Jardim Tropical, So Bento, Bairro dos Estados, Slvio Leite, Cauam, Cidade Satlite, Paraviana, entre outros.

Leia Mais

Bombeiros acham corpo do 2 menino Yanomami que desapareceu no rio aps brincar prximo de garimpo


Acidente aconteceu nessa tera-feira (12), na comunidade Makuxi Yano, em Alto Alegre. Meninos brincavam na beira do rio, quando foram puxados na gua por uma draga de garimpo e levados pela correnteza, segundo o Condisi-YY. Draga de garimpo no rio Parima, na Terra Yanomami Divulgao/Condisi-YY O segundo menino indgena que desapareceu no rio Parima, na Terra Yanomami, foi encontrado morto pelo Corpo de Bombeiros nessa quinta-feira (14). Ele e o outro menino, foram sugados na gua por uma draga de garimpo e levados pela correnteza at a cachoeira, de acordo com o Conselho de Sade Indgena Yanomami e Yekuana (Condisi-YY). A equipe com quatro mergulhadores iniciou as buscas na manh desta quinta-feira. Conforme os Bombeiros, devido a dificuldade de comunicao, mais detalhes sero repassados aps o retorno da equipe para Boa Vista. O local do acidente fica regio da comunidade Makuxi Yano, em Alto Alegre. As crianas desapareceram na tera-feira (12). O primeiro corpo foi localizado pelos indgenas na quarta-feira (13). Os dois meninos eram primos e brincavam na beira do rio com um pedao de carote de plstico, usado como uma espcie de prancha, segundo o Condisi-YY. Crianas desapareceram no rio Parima, em frente a comunidade Makuxi Yano, na Terra Yanomami Arte g1 Em nota, a Hutukara Associao Yanomami considerou o caso mais um triste resultado da presena do garimpo ilegal na Terra Indgena Yanomami. Procurada pelo g1, a Funai respondeu nesta quinta-feira que acompanha o caso por meio da Frente de Proteo Etnoambiental Yanomami e YeKwana, e est disposio para colaborar com o trabalho das autoridades. Terra Indgena Yanomami Maior reserva indgena do Brasil, a Terra Yanomami tem quase 10 milhes de hectares entre os estados de Roraima e Amazonas, e parte da Venezuela. Cerca de 27 mil indgenas vivem na regio em mais de 360 comunidades. A rea alvo do garimpo ilegal de ouro desde a dcada de 1980. Mas, nos ltimos anos, essa busca pelo minrio se intensificou, causando alm de conflitos armados, a degradao da floresta e ameaa a sade dos indgenas. A invaso garimpeira causa a contaminao dos rios e degradao da floresta, o que reflete na sade dos Yanomami, principalmente crianas, que enfrentam a desnutrio por conta do escasseamento dos alimentos. O nmero de casos de Covid entre indgenas que habitam a regio, aumentou em razo da presena de garimpeiros. No ano passado, em apenas trs meses, as infeces avanaram 250%.

Leia Mais

Operao da PF em RR mira grupo suspeito de lavar R$ 32 milhes e importar 100 kg de ouro ilegal


Operao La Cadena cumpre 40 mandados expedidos 1 Vara da Justia Federal em Roraima PF cumpre mandados contra grupo suspeito de contrabandear ouro Ascom/PF A Polcia Federal deflagrou na manh desta sexta-feira (15) a operao La Cadena, com o objetivo de desarticular um grupo criminoso suspeito importar mais de 100 kg de ouro ilegal da Venezuela e lavar mais de R$ 32 milhes. Ao todo, mais de 70 policiais federais cumprem 40 mandados expedidos 1 Vara da Justia Federal em Roraima, aps representao da PF e manifestao favorvel do Ministrio Pblico Federal. So quatro mandados de priso preventiva, 14 de busca e apreenso, seis de conduo coercitiva para monitoramento eletrnico e 16 de sequestro de bens. PF cumpre mandados de busca e apreenso Ascom/PF As investigaes, conforme a PF, indicam que o grupo tambm faz exportao ilegal de grandes quantidades de alimentos para a Venezuela, com pagamento feito supostamente em ouro, introduzido clandestinamente no Brasil. A aparncia de legalidade dos valores era feita por meio de empresas em Roraima. Os alvos so suspeitos, principalmente, dos crimes de Organizao Criminosa, Contrabando, Descaminho, Sonegao Tributria e Lavagem de dinheiro. Segundo a PF, as investigaes iniciaram em abril de 2019, quando um veculo com restrio por roubo foi abordado por Policiais Militares em Pacaraima, fronteira do Brasil com a Venezuela. O motorista estava com aproximadamente R$ 180 mil e disse que a quantia seria usada para compra de ouro venezuelano e que, inclusive, realizaria este tipo de compra mensalmente h pelo menos um ano, informou a PF. O homem foi encaminhado Polcia Federal e foi detectada relao do caso com investigados na operao Hesprides, deflagrada em dezembro de 2019 e que apurou o esquema de contrabando de ouro da Venezuela e de garimpos ilegais em Roraima. Nas investigaes da Operao Hesprides, a polcia descobriu que o ouro ilegal era esquentado como sucata, com registro de origem e qualidade omitidos. Operao La Cadena O nome da operao faz referncia, em lngua espanhola - em razo da nacionalidade venezuelana de parte dos envolvidos, tanto forma estruturada da organizao criminosa quanto ao local de destino dos alvos - a cadeia. Veja outras notcias da regio no g1 Roraima.

Leia Mais

Sine em RR oferta 69 vagas de emprego nesta quinta-feira (14)


O Sine fica no prdio da Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social e funciona no horrio das 7h30 s 13h30. Sine em Roraima oferta 69 vagas de emprego nesta quinta-feira (14). Mauricio Vieira/Secom/Divulgao O Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Roraima oferta 69 novas vagas de trabalho em diferentes reas de atuao nesta quinta-feira (14). Para concorrer a uma vaga o candidato deve fazer o cadastro no sistema de emprego do Departamento de Emprego, Trabalho e Renda da Secretaria de Trabalho e Bem-estar Social (Setrabes), localizada na avenida Mrio Homem de Melo, bairro Mecejana, zona Oeste de Boa Vista. necessrio apresentar a carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, currculo e comprovante de residncia atualizado. Aqueles que tm cursos na rea que deseja concorrer, podem levar os certificados para compor o cadastro. O atendimento ocorre das 8h s 12h. Veja a lista de vagas: Auxiliar de almoxarife. Requisitos: experincia comprovada na carteira, ensino mdio completo, auxiliar nas informaes pertinentes a entrada e sada de materiais, controle de estoque, controle de notas fiscais emitidas e recebidas. - 1 vaga; Assistente administrativo. Requisitos: experincia comprovada na carteira, comunicativo, CNH categoria AB, ensino mdio completo ou cursando graduao em administrao, domnio em informtica, Excel, conhecimento bsico de RH/DP, organizao, trabalho em equipe e pontualidade. - 1 vaga; Auxiliar de cozinha. Requisitos: ensino fundamental completo, experincia informal ou na carteira ou tenha curso na rea de cozinheiro. - 2 vagas; Auxiliar de estoque. Requisitos: sem experincia e ensino mdio completo. - 4 vagas; Auxiliar de logstica. Requisitos: ensino superior ou tcnico em logstica, experincia comprovada na carteira, saber liderar equipes nas operaes de recebimento, armazenagem, expedio e distribuio, controlar inventrios e acompanha ndices de desempenho, a fim de atender os prazos e condies estabelecidas para entrega. - 1 vaga; Bartender. Requisitos: experincia informal, ensino mdio completo, controlar bebidas alcolicas, saber atender cliente, fazer drinks diversos, de preferncia ter cursos na rea pretendida. - 1 vaga; Camareira de hotel. Requisitos: ensino fundamental completo, experincia comprovada na carteira e que tenha noo de parte de hotelaria. - 1 vaga; Chapeador. Requisitos: experincia informal em pintura e solda eltrica e ensino mdio completo. - 1 vaga; Chapeiro. Requisitos: experincia comprovada na carteira, ensino fundamental completo, que more nas proximidades do bairro Caran. - 1 vaga; Confeiteiro. Requisitos: ensino fundamental completo, experincia de no mnimo um ano comprovada na carteira em confeitaria de doces, bolos e salgados, saber manipular massas e recheios seguindo padro da empresa, preparo e finalizaes de doces e salgados em geral para vitrine. - 1 vaga; Conferente de logstica. Requisitos: ensino mdio completo, experincia comprovada na carteira, desejvel experincia anterior com conferncia de produtos, disponibilidade de horrio, ter domnio em informtica (Word e Excel). - 1 vaga; Cozinheiro geral. Requisitos: ensino mdio completo, experincia comprovada na carteira, ter cursos na rea de culinria, preparar as refeies de qualidade dos alimentos, coordenar as atividades relacionadas ao preparo das refeies, preparar carnes, aves e peixes e inspecionar a higienizao de equipamentos e utenslios. - 1 vaga; Eletricista. Requisitos: experincia comprovada na carteira, certificado eletricista predial e residencial, certificado de construo e manuteno de rede, certificado NR10, NR35 e SEP, e habilitao AB. - 4 vagas; Eletricista auto. Requisitos: experincia comprovada na carteira em eletricista auto e ter disponibilidade de viagens e horrios. - 1 vaga; Empregado domstico nos servios gerais. Requisitos: ensino fundamental completo, experincia comprovada na carteira ou informal (declarao), seja proativo, cozinhe, lave, passe roupa, fazer companhia para uma idosa, dormir no trabalho de segunda a sexta e seja paciente. - 1 vaga; Encarregado de construo civil. Requisitos: encarregado multissetorial, experincia comprovada na carteira de encarregado de obra e ensino mdio completo. - 1 vaga; Garom. Requisitos: experincia comprovada na carteira, ter habilidade de relacionamento pessoal e trabalhar em equipe, servir alimentos e bebidas, prestando informaes, anotando pedidos, arrumar mesas e preparar aparadores e mesas auxiliares, para o servio de refeies. Anotar os pedidos, servir drinques, bebidas alcolicas ou no e vinhos. - 1 vaga; Garom. Requisitos: ensino fundamental completo e experincia comprovada na carteira. - 1 vaga; Lubrificador. Requisitos: experincia comprovada na carteira, disponibilidade de viagens e horrios. - 1 vaga; Mecnico de equipamento pesado. Requisitos: experincia comprovada na carteira, ensino mdio completo e disponibilidade de viagens e horrios. - 1 vaga; Mecnico de equipamento pesado. Requisitos: experincia comprovada na carteira em mecnica de mquinas pesadas e caminhes e entender de eltrica e eletrnica. - 1 vaga; Montador instalador de acessrios. Requisitos: ensino fundamental completo, experincia informal e que instale acessrios em caminho. - 1 vaga; Motorista de caminho. Requisitos: ensino mdio completo, experincia comprovada na carteira, tenha experincia na rea de logstica/transporte, carga e descarga, disponibilidade de horrio e possuir CNH AD (atualizada). - 4 vagas; Motorista de caminho leve. Requisitos: experincia comprovada na carteira, curso com certificado na direo e curso de primeiros socorros com certificado. - 1 vaga; Oficial de servios gerais na manuteno de edificaes. Requisitos: experincia comprovada na carteira, ensino fundamental e preferncia para pessoas que j trabalharam em limpeza de rua ou servios da prefeitura. - 3 vagas; Oficial de servios gerais na manuteno de edificaes. Requisitos: ensino fundamental completo, experincia comprovada na carteira, que tenha noes de parte eltrica, hidrulica e reparos na rea de construo. - 1 vaga; Operador de caixa. Requisitos: experincia comprovada na carteira, ensino mdio completo, habilidade com contas, gosto pela matemtica, agilidade, simpatia, registra mercadorias, recebe pagamentos de cliente, efetuar entrada e sadas de notas fiscais, cadastra clientes. - 1 vaga; Operador de esteira. Requisitos: experincia comprovada na carteira de operador de esteira, CNH categoria C ou D e disponibilidade de viagens e horrios. - 1 vaga; Padeiro. Requisitos: ensino fundamental completo, experincia comprovada na carteira, desejvel ter curso na rea de panificao, experincia empresas de comrcio, disponibilidade de horrio, atuar na produo de pes diversos, normas de higiene e manipulao de alimentos e atendimento ao cliente. - 1 vaga; Pintor de obras. Requisitos: ensino fundamental completo e experincia de no mnimo seis meses. - 2 vagas; Piscineiro. Requisitos: experincia comprovada na carteira, ensino mdio completo, realiza a limpeza e tratamento da gua de piscinas com cloro e aspirao. - 1 vaga; Serralheiro. Requisitos: experincia comprovada na carteira e ensino fundamental completo. - 1 vaga; Tcnico de manuteno de equipamentos de informtica. Requisitos: tcnico em eletrnica com experincia comprovada na carteira, conhecimento com tcnicas de solda,placa de circuito impresso, leitura de componentes, ingls bsico para leitura de manuais e conhecimento em informtica bsica.- 1 vaga; Tcnico em manuteno de equipamentos de informtica. Requisitos: experincia comprovada na carteira, ensino mdio completo, conhecimento em redes de computadores e manuteno de computadores. - 1 vaga; Vendedor interno. Requisitos: experincia informal, ensino fundamental completo, conhecimento no ramo de material de construo e eltrica. - 1 vaga; Vendedor interno. Requisitos: ensino fundamental completo, experincia informal (apresentar declarao), ter uma boa comunicao, no tenha dificuldade em digitao, tenha transporte prprio, tenha habilitao e disponibilidade de horrio, morar prximo ao Paraviana. - 1 vaga; Vendedor interno. Requisitos: desejvel experincia informal na rea de vendas, possuir CNH categoria AB, ensino mdio completo e/ou cursando superior, conhecimento em informtica, possuir habilidade de interao com os clientes e de construir um bom discurso de vendas e disponibilidade de horrio. - 1 vaga; Vendedor interno. Requisitos: experincia na carteira com vendas, conhecimento em materiais de construo (ferramentas e parafusos em geral) e ensino mdio completo. - 1 vaga. Vendedor interno. Requisitos: experincia comprovada na carteira e ensino mdio completo. - 1 vagas. Almoxarife (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: experincia informal na rea. - 1 vaga; Assistente administrativo (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: experincia comprovada na carteira, curso na rea de informtica e atendimento ao pblico. - 1 vaga; Auxiliar de estoque (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: sem experincia, conferente de estoque e recebimento de mercadorias. - 1 vaga; Scioeducador (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: experincia comprovada na carteira, ensino superior completo em pedagogia, servio social, cincias sociais ou reas correlatas, domnio de espanhol, experincia em programas e atendimento de casos de proteo; experincia em projetos ou rgos com atuao direta no desenvolvimento de atividades didtico-pedaggicas com adolescentes e interesse em residir em Pacaraima. 1 vaga; Empacotador (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: experincia informal e ensino fundamental completo. 1 vaga; Operador de vendas (lojas). (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: sem experincia e ensino mdio completo. - 1 vaga; Operador de vendas (lojas). (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: ensino fundamental completo, sem experincia, seja proativo, ter iniciativa, boa capacidade de organizao. - 2 vagas; Psiclogo (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: ensino superior completo em psicologia, ter domnio do espanhol, experincia comprovada na carteira em programas e atendimentos de casos de proteo e experincia em projetos ou rgos com atuao direta em prol da defesa dos direitos da criana e adolescente. - 1 vaga; Repositor de mercadorias (exclusiva para pessoas com deficincia). Requisitos: experincia comprovada na carteira, disponibilidade de horrio, ensino fundamental completo, proativo e ter boa comunicao. - 2 vagas; Operador de caixa (exclusiva para primeiro emprego). Requisitos: ensino mdio completo, sem experincia, comunicativo e disponibilidade de horrio. - 3 vagas; Repositor (exclusiva para primeiro emprego). Requisitos: ensino mdio completo, sem experincia, comunicativo e disponibilidade de horrio. - 3 vagas;

Leia Mais

Apago deixa moradores quase 2h sem energia em Roraima e afeta fornecimento de gua na capital


Fornecimento foi interrompido por volta das 5h50 dessa quinta-feira (14) e foi restabelecido s 7h22, conforme a Roraima Energia. O fornecimento de gua tambm foi afetado em Boa Vista. Interrupo de energia foi causada por um desligamento geral. Caque Rodrigues/G1 RR/Arquivo Moradores de Roraima ficaram sem energia eltrica por quase duas horas na manh desta quinta-feira (14). O fornecimento de gua tambm foi afetado em Boa Vista. A Roraima Energia, distribuidora responsvel pelo servio, informou que a interrupo foi causada por um desligamento geral. Ainda de acordo com a empresa, o desligamento iniciou por volta das 5h50 dessa manh e foi restabelecido 100% por volta das 7h22. Roraima o nico estado do pas que no ligado ao Sistema Interligado Nacional (SIN) e, durante anos, dependeu da energia fornecida pela Venezuela. No entanto, o pas parou de enviar energia ao estado em maro de 2019 e, desde ento, o trabalho feito por cinco termeltricas da Roraima Energia. O parque trmico do estado formado pelas usinas termeltricas de Monte Cristo, na zona Rural de Boa Vista, Jardim Floresta e Distrito, ambas na zona Oeste, e Novo Paraso, em Caracara, regio Sul do estado. Fornecimento de gua Segundo a Companhia de gua e Esgotos de Roraima (Caer), a falta de energia tambm prejudicou o fornecimento de gua em Boa Vista, uma vez que o abastecimento controlado pelo sistema central e precisa de energia eltrica para operar normalmente. Ainda conforme a Caer, a falha no fornecimento de energia afetou o Sistema Central de Captao, Reservao e Distribuio de gua, localizado no bairro So Pedro, zona Oeste da capital. Em nota, a empresa informou que com a produo interrompida houve baixa nas reservas de gua potvel, que prejudicou a distribuio. A Caer agradece a compreenso dos consumidores e disponibiliza canais de comunicao para esclarecimento de duvidas, ressaltou.

Leia Mais

Motorista fica presa em cinto de segurana aps batida entre carro e ambulncia no interior de RR


Passageira, de 30 anos, que vinha com a condutora, informou que as duas saam de um hotel, sentido Boa Vista, quando a motorista, de 25, sinalizou para a esquerda e no viu a ambulncia que vinha atrs, informou a PM. Acidente foi em Rorainpolis. Batida entre os viculos foi na BR-174 Arquivo pessoal Uma motorista, de 25 anos, ficou presa ao cinto de segurana aps um acidente de trnsito entre carro e ambulncia na BR-174, no municpio de Rorainpolis, regio Sul de Roraima, na tarde dessa quarta-feira (13). A Polcia Militar informou que, quando chegou ao local, o Corpo de Bombeiros j socorria a motorista. A passageira, de 30 anos, que estava com ela, informou que as duas saam de um hotel, sentido Boa Vista, quando a jovem sinalizou para a esquerda e no viu a ambulncia que vinha atrs. J o motorista da ambulncia, de 51 anos, contou que vinha com dois pacientes e duas enfermeiras da vila Equador e tentou fazer uma ultrapassagem, pois o sinal de converso do carro da jovem no estava ligado. Segundo ele, a condutora entrou rapidamente esquerda, o que causou a batida, informou a PM. Porm, ainda segundo a PM, uma testemunha, de 43 anos, relatou aos policiais que o motorista vinha em alta velocidade e que a jovem ligou o sinal de converso para a esquerda. Os militares informaram, tambm, que os envolvidos foram levados ao hospital do municpio, onde foi informado que a jovem e uma enfermeira ficariam em observao. A motorista estava com dores na cabea e a profissional de sade no reconhecia ningum, pelo fato de ter batido a cabea no momento da coliso. O carro da jovem teve avarias em toda a lateral esquerda e as rodas travadas, devido a batida. A ambulncia teve o cap, para-choque e um farol dianteiros danificados. Os dois condutores so habilitados e os veculos estavam com a documentao em dia, conforme a Polcia. O caso foi registrado na Delegacia de Rorainpolis. Jovem socorrida pelos Bombeiros Arquivo pessoal

Leia Mais

Menina Yanomami de 5 anos passa por cirurgia em RR aps ser estuprada; suspeito foi preso


Crime foi no dia 3 de outubro deste ano, na zona Rural de Boa Vista. Suspeito, que tambm indgena, e vtima estavam alojados na Casai Yanomami, quando ele pegou a criana pela mo, pulou o muro da unidade e, em um matagal, cometeu o estupro, informou a Civil. Homem foi preso nessa quarta-feira (13), na Casai Divulgao/Polcia Civil de Roraima Uma menina Yanomami, de 5 anos, precisou passar por cirurgia aps ser estuprada em uma rea de mata prxima Casa de Apoio Sade do ndio Yanomami (Casai), na zona Rural de Boa Vista. O suspeito do crime, um indgena, de 28 anos, da mesma etnia, foi preso nessa quarta-feira (13) pela Polcia Civil. O crime aconteceu no dia 3 de outubro deste ano. A menina, que tambm tem necessidades especiais, foi encontrada deitada no cho, sem roupas, ensanguentada e bastante ferida. Logo aps, foi levada para o Hospital da Criana Santo Antnio, administrado pela prefeitura. Procurado, o municpio no informou se a menina segue internada, mas disse que ela foi atendida pela equipe e todos os procedimentos mdicos foram tomados. A menina tambm passou por exames de leso corporal e conjuno carnal no Instituto Mdico Legal (IML), informou a Civil. Crime aconteceu em rea da mata prximo da Casai Yanomami Divulgao/Ascom/PCRR De acordo com a Civil, o homem e a criana estavam alojados na Casai, quando ele pegou a criana pela mo, pulou o muro da unidade e, em um matagal prximo, praticou o estupro. Depois que a menina foi encontrada, a Polcia Militar foi acionada e recebeu a informao de que o suspeito estava detido no local. Porm, quando a equipe chegou, no encontrou o indgena, que fugiu aps ser agredido por familiares da vtima, conforme a Civil. A Casai Yanomami administrada pelo Distrito Sanitrio Especial Indgena Yanomami (Dsei-Y), ligado ao Ministrio da Sade. O g1 entrou em contato com os dois rgos e aguarda retorno. Depois que o suspeito fugiu, as investigaes foram iniciadas pela Delegacia de Proteo ao Idoso e a Pessoa com Necessidades Especiais (DPIPNE). No inqurito, foram ouvidos relatos de familiares da vtima e testemunhas. Com a comprovao do crime, foi representada pela priso preventiva do acusado, que foi deferida pela Justia. O indgena foi encaminhado Delegacia, onde foi qualificado e interrogado, por meio de um intrprete. Depois, foi levado Custdia da Civil e, nesta quinta-feira (14), passar por Audincia de Custdia. Conforme o delegado Paulo Henrique Moreira, titular da DPIPNE, o indgena foi apresentando na delegacia, mas no foi ouvido pois no fala portugus e o tradutor da lngua materna estava em viagem. Trata-se de um crime hediondo, contra uma criana com deficincia que passou por momentos torturantes nas mos deste indivduo. A Polcia agiu rpido, investigou, instaurou inqurito, ouviu todas as partes, inclusive, funcionrios da Casai, representou pela priso dele, deferida pela Justia e, agora, cumprimos a deciso judicial, finalizou Moreira.

Leia Mais